Que nada entrave a corrida daqueles que são, neste mundo, companheiros nesta vida evangélica; e, ainda que o caminho seja duro e penoso, avancemos com agilidade, mostremos uma alma corajosa e viril, ultrapassemos os obstáculos, passemos de carreiro em carreiro e de colina em colina, até subirmos à montanha do Senhor e nos estabelecermos no lugar santo da sua impassibilidade.

Ora, os companheiros de viagem ajudam-se uns aos outros; por isso, como diz o apóstolo, «levai os fardos uns dos outros» (Gal 6,2), meus irmãos, e completai o que falta aos outros (cf 2Cor 8,14; Fil 2,30). À negligência que talvez reine hoje sucederá uma nobre coragem; hoje, estamos mergulhados na tristeza, mas eis que vimos à superfície e reencontramos a alegria; neste momento, as paixões levantam a cabeça, mas Deus não tardará em vir socorrer-nos, dominando-as e devolvendo-nos a calma; pois não te veremos como eras ontem e anteontem e não permanecerás sempre igual, meu caro, mas a graça de Deus virá a ti, o Senhor combaterá por ti e talvez venhas a dizer-Lhe, como o grande Antônio: «Onde estavas ainda agora?», e Ele responder-te-á: «Queria assistir ao teu combate».

Por isso, perseveremos, filhos, meus filhos, tenhamos um pouco de paciência, irmãos, meus irmãos. […] Quem poderá ser coroado sem ter combatido? Quem poderá repousar sem estar fatigado (cf 2Tim 2,5-6)? Quem poderá colher os frutos da vida sem ter plantado as virtudes na sua alma? Cultivai-as, preparai a terra com o maior cuidado, trabalhai, transpirai, filhos, trabalhadores de Deus, imitadores dos anjos, competidores dos seres incorpóreos, tocha de quantos estão ainda no mundo (cf Fil 2,15)!

São Teodoro Estudita (759-826)
Catequese 28
Fonte: Evangelho Cotidiano

Compartilhe isso:
 
 

Não há comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Arquivos