Encíclica do Patriarcado Ecumênico, 1920
Documento Histórico: Às Igrejas de Cristo em qualquer lugar.«Amai-vos ardentemente uns aos outros de todo o coração» (1 Pd 1: 22)Nossa própria igreja sustenta que uma aproximação2 entre as diversas igrejas cristãs e a comunhão1 entre elas não é excluída pelas diferenças doutrinárias que existem entre elas. Em nossa opinião, tal reaproximação é altamente desejável e necessária. Seria útil de...
Casamento, divórcio e novo casamento na Igreja Ortodoxa
Por Dom Athenagoras Metropolita da Bélgica - Patriarcado Ecumênico 1. INTRODUÇÃO Muitas vezes, as pessoas perguntam-se qual é a posição da Ortodoxia sobre o casamento. A resposta a essa indagação deve ser procurada no ensino Ortodoxo a respeito do mistério – ou sacramento – do matrimônio. Sabemos que também a Igreja Católica Romana considera o matrimônio como um sacramento. Há...
As Cores na Tradição Litúrgica das Igrejas do Oriente
Na tradição grega, vermelho-escuro são comuns para as festas e, apesar da grande variação predominam o dourado e o branco.O rito bizantino não possui um sistema universal de cores. Orientações da tradição bizantina apenas especificam vestimentas claras ou escuras.Congregações eslavas e outras influenciadas por tradições ocidentais adotaram um ciclo de cores litúrgica. No entanto, não é obrigatório, mas é comum...
Faz o bem a quem te ofendeu e terás Deus por amigo. Não calunies em nada o teu inimigo. Pratica a caridade, a moderação, a paciência, o domínio de ti e as virtudes a elas semelhantes. Esse é o conhecimento de Deus: seguir a Deus praticando a humildade e as outras virtudes a ela semelhantes. Elas, porém, não são obras...
Liturgia mozárabe – século VI/VII Ofício das Completas. Terceiro hino para sábados e domingos da Quaresma Tradução: Pe. José Artulino Besen Criador bondoso da luz, luz infinita: Luz, da qual resplende o eternamente Santo, Cristo, que reina com o Espírito Santo, com o mesmo e único poder. Dissipa as trevas dessa negra noite e afugenta, nós te pedimos, a serpente...
Santa Juliana da Norwich (1342-1416) Apresentamos uma das Visões de uma das maiores místicas cristãs, com a transcrição do mais antigo manuscrito conhecido de Santa Juliana, o Manuscrito de Westminster. A cópia foi realizada, julga-se, por irmãs carmelitas de Lincolshire, entre 1413-1435, enquanto ainda vivia Juliana. Tradução: Pe. José Artulino Besen, a partir da transcrição italiana do texto elaborada por...
Canto ambrosiano do século V Tradução: Pe. José Artulino Besen Cristo, de tudo Senhor, da vida doador gerado da mente do altíssimo Pai ouve bondoso o canto e a prece dos que na humildade a ti se dirigem. Contempla, ó Deus, de teu povo o fervor que faz ressoar no Templo seu canto querendo honrar a Igreja que exulta a...
Guillaume de Saint-Thierry (1085-1148) Tradução : Pe. José Artulino Besen O desejo doloroso do Deus escondido «Dirigi-vos a ele e sereis iluminados, e vossa face não será confundida». Estou confuso, Senhor Deus, eu estou confuso, com uma confusão sombria e horrível: cada vez que me dirijo a ti, eu encontro fechada para mim a porta de tua visão, e por um...
São Francisco de Assis (1181/1182-1226) No mês de abril de 1224, ainda em São Damião, Francisco recebeu tratamento, mas não melhorou. Numa revelação, teve a promessa da vida eterna. Lá, quase cego e fora de si de tanta dor e desconforto, em estado febril, sozinho em sua cabana de palha, atormentado pelos ratos que não o deixavam dormir, explode de...
Gertrude de Helfta (1220-1291) Exercitium divini amoris Tradução: Pe. José Artulino Besen Ó amor, tu és, na santa Trindade, o dulcíssimo beijo que une intimamente o Pai ao Filho. És tu o beijo da salvação que a majestade divina imprimiu mediante o Filho, em nossa humanidade. Ó dulcíssimo beijo, permite que este pequenino grão de poeira não seja ignorado entre...