Reitores Paroquiais

Primeiros sacerdotes radicados no Brasil:

  1. Mons. João Chryssakis em 1956-1957
  2. Pe. Panayotis Paleolagos – 1958
  3. Pe. George Papaiano – 1958
  4. Pe Iosif Yasif – de 1959 a 1961
  5. Pe. Miguel Michalopulos – de 1962 a 1965
  6. Pe. Panaiotis Mentanis – de 1965 a 1971
  7. Pe. Constantino Paraskeviades – de 1971 a 1989

    Obs.: Entre os anos de 1989 e 1997, período em que a comunidade ficou sem reitor, os Rev.mos sacerdotes Pe. José Roberto de Oliveira e Protopresbítero  Basílio dos Santos Lima deram assistência pastoral à comunidade de São Nicolau de Florianópolis


  8. Mons. Angelos Kontaxis, de 1997 – 2010
  9. Hieromonge Pavlos Tamanini – de 2011 a 2013
  10. Mons. Agathangelos Karkagkelis – de fevereiro de 2014 a junho de 2018
  11. Hieromonge André  Sperandio – a partir de 1º de julho de 2018..

* * *

1. Arquimandrita JOÃO CHRYSSAKIS  – 1956 e 1957 

Arquimandrita João Cryssakis

Mons. João Chryssakis foi o primeiro padre grego a se radicar em Florianópolis. Nasceu em Esmirna (hoje Turquia), Grécia, em 22 de setembro de 1897, filho de Kyriakos Chryssakis e de Kyriacouli Chryssakis. Ordenado sacerdote na Igreja Ortodoxa Grega em 19 de abril de 1920.

Chegou ao Brasil em 1924 e dedicou-se ao serviço dos ortodoxos gregos de Florianópolis, na sua residência reunindo os jovens para conservar-lhes a língua, a cultura e a fé.

Foi pároco da Igreja São Nicolau e professor de grego no Instituto Dias Velho, hoje Instituto Estadual de Educação, por 30 anos. Seu caráter autoritário e idéias conservadoras provocaram diversos conflitos com a comunidade que, canonicamente, pertence à Arquidiocese de Buenos Aires.

Naturalizou-se brasileiro em 1955. Teve duas filhas.

O Concílio Vaticano II caminhava para o último ano de trabalhos, o Papa Paulo VI abraçara o Patriarca Atenágoras de Constantinopla, trocaram o beijo de paz, levantando as excomunhões de 1.054. As expectativas ecumênicas eram fortes. Amigo de Dom Afonso Niehues, arcebispo de Florianópolis, um pouco indisposto com a comunidade grega, vivendo o ministério na solidão, pediu para ser recebido na Igreja católica. Em 23 de janeiro de 1965, já viúvo, foi recebido na Igreja Católica Apostólica Romana, sendo provisionado na Capelania da Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Rua Marechal Guilherme, onde celebrava a Eucaristia aos domingos.

Faleceu em Florianópolis em 30 de janeiro de 1971, aos 73 anos de vida e 50 de sacerdócio.

Pe. José Artulino Besen

* * *

2. Padre Miguel Michalopulos

Exerceu as funções sacerdotais nos Estados Unidos e foi um grande entusiasta e incentivador dentro da comunidade. 

(…) Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

* * *

3. Padre Panagiotis Meintanis

Veio da ilha de Zakynthos e assistiu pastoralmente as comunidade de Porto Alegre e Curitiba até o ano de 2018, cidades onde foi o grande incentivador da construção dos respectivos templos. 

(…) Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

* * *

4. Padre Constantino Parasquevaides

Veio da Macedônia e foi pároco da Igreja de São Nicolau de Florianópolis.

(…) Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

* * *

5. Mons. Angelos Kontaxis

Monsenhor Angelos Kontaxis, chegou no Brasil em 1950. Após assistir ao golpe militar, exilou-se nos Estados Unidos em 1966 para trabalhar com serviço social em Chicago. Depois, saudoso de nosso país, voltou ao Rio de Janeiro em 1991 e, assustado com o aumento da criminalidade, procurou em 1992 a cidade de Florianópolis, muito parecida com o Rio de Janeiro que deixara 31 anos antes, e assumiu como reitor paroquial da comunidade ortodoxa grega de Florianópolis em 1997. Em 2001, foi elevado ao grau de Arquimandrita (monsenhor). Em 19 de dezembro de 2010, Mons. Angelos Kontaxis adormeceu em Cristo, sendo sucedido pelo hieromonge Pe. Pavlos Tamanini. 

* * *

6. Hieromonge Pavlos Tamanini

Hieromonge Pavlos Tamanini

Nasceu no seio do cristianismo latino, em 1997 iniciou sua caminhada na ortodoxia, e três anos depois, acolhendo o pedido Rev.mo Mons. Nectários Selalmazidis, Vigário Geral do Brasil com a aprovação do Metropolita  de Buenos Aires, o Arcebispo Dom Gennadios Chrysoulakis, foi para a Grécia, onde pode estudar a língua, teologia e aproximar-se da cultura helênica. Nos dias 07 e 09 de setembro de 2001, recebeu a Ordenação Diaconal e Presbiteral, respectivamente, do Arcebispo Dom Jeremias Ferens da Eparquia Ortodoxa Ucraniana, do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla, com sede em Curitiba-PR. No dia 20 de dezembro de 2003, Dom Jeremias o consagrou Monge ortodoxo dando-lhe o nome religioso de Pe. Pavlos. Foi transferido a pedido do Arcebispo Dom Tarasios e em pleno acordo com Dom Jeremias Ferens,  para a Arquidiocese Ortodoxa Grega de Buenos Aires, no dia 13 de junho de 2008. No período de 2008-2010, fez seu estudos de Mestrado em História pela Universidade do Estado de Santa Catarina e no período de 2010-2013, concluiu seu Doutorado em História pela Universidade Federal de Santa Catarina. Exerceu seu ministério sacerdotal nas Paróquias de Canoas (RS) e  São José (SC) até sua nomeação como Reitor Paroquial da Igreja Ortodoxa Grega São Nicolau, em 15 de março de 2011.A posse canônica foi dada no dia 03 de abril de 2011, durante a celebração da Divina Liturgia pelo Vigário Geral do Brasil  Rev.mo Pe. Lucas Chypriades, que representava oficialmente o Arcebispo Dom Tarasios. Em junho de 2012, visitou oficialmente o Patriarca Bartolomeu I, juntamente com o Arcebispo Dom Tarasios. Em 31 de março de 2013, despediu-se da comunidade de Florianópolis para dar continuidade aos seus estudos de Pós-doutorado pela Universidade Federal do Paraná, concluídos em 2017.

* * *

7. Mons. Agathangelos Karkagkelis

Monsenhor Αγαθάγγελος Καρκαγκέλης

De fevereiro de 2014 a julho de 2018.

(…) Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

* * *

8. Pe. André Sperandio

Pe. André Sperandio é catarinense, natural da cidade de São João Batista.  Cursou parte do ensino fundamental no Seminário Menor Nossa Senhora do Bom Socorro (Companhia de Jesus) de Nova Trento – SC. Ainda como seminarista católico, iniciou o curso de Filosofia no Seminário Arquidiocesano de Azambuja – Fundação Educacional de Brusque – FEBE. Após ter cursado por três semestres, transferiu-se para Florianópolis, bacharelando-se em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC/Florianópolis. Foi um dos membros da comissão designada para organizar a visita do Papa João Paulo II à Florianópolis e a peregrinação das Relíquias de Santa Teresinha do Menino Jesus ao Estado. Em 1997, viajou para Grécia com um grupo de Estudos da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Em Atenas, teve então o primeiro contato com a Ortodoxia. Regressando ao Brasil, incardinou-se na Eparquia Ucraniana – Patriarcado Ecumênico. Em 2001, foi ordenado diácono e, em 9 de setembro – Festa Litúrgica da Natividade da Theotokos –, foi ordenado sacerdote por S. Excia. Revma. Dom Jeremias Ferens, Arcebispo Eparca da Igreja Ortodoxa Ucraniana na América do Sul, Patriarcado Ecumênico. Em 21 de dezembro de 2003, na Igreja da Comunidade São João Apóstolo, em São José – SC, foi tonsurado monge. Na Eparquia Ucraniana de Curitiba atuou como membro do Consistório Eparquial, no acompanhamento das Missões da OCMC ao Sul do Brasil entre outros. Criou, em 2003, o site ECCLESIA Brasil, (www.ecclesia.org.br) tendo sido seu administrador desde então. Em junho de 2008 foi transferido, a pedido do Arcebispo Dom Tarasios e em pleno acordo com Dom Jeremias Ferens, para a Arquidiocese Ortodoxa Grega de Buenos Aires. Em 2012,  ingressou no Curso de Teologia do Centro Universitário Católica de Santa Catarina (PUC PR), concluído no final do ano de 2015.  Em 2018 foi nomeado por S. Emncia. Revma. Dom Tarasios, Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de Buenos Aires, Primaz e Exarca da América do Sul – Patriarcado Ecumênico, como Reitor Paroquial da Igreja Ortodoxa Grega de São Nicolau de Florianópolis, assumindo sua nova função pastoral no domingo, 1º de julho de 2018.