Archive for: Silêncio

«Jesus estava algures a orar»

«Jesus estava algures a orar»

Jesus «orava em particular» (Lc 9,18). A fonte da oração reside no silêncio da paz interior; é aí que se manifesta a glória de Deus (cf Lc 9,29). Porque, quando cerramos os olhos e os ouvidos e nos encontramos no interior, na presença de Deus, quando nos libertamos da agitação […]

Compartilhe isso:
 
 

Saiu e retirou-Se para um lugar solitário

Não poderemos nós com razão adiantar que o deserto é o templo sem limites do nosso Deus? Aquele que mora no silêncio deve certamente gostar de locais retirados. Foi aí que muitas vezes Se manifestou aos Seus santos; foi graças à solidão que Ele Se dignou vir ter com os […]

Compartilhe isso:
 
 

A paciência, com efeito, te revela todas as graças. Os santos foram pacientes e conseguiram as promessas. O orgulho dos santos é a paciência. Sê paciente para sejas contado nas filas dos santos, confiando que receberás uma coroa incorruptível. (S. Pacômio)

A paciência, com efeito, te revela todas as graças. Os santos foram pacientes e conseguiram as promessas. O orgulho dos santos é a paciência. Sê paciente para sejas contado nas filas dos santos, confiando que receberás uma coroa incorruptível. (S. Pacômio)

EXORTAÇÃO SOBRE O RANCOR DE UM MONGE São Pacômio de Tabenési-séc.III Pacômio, nascido em 292 dC, provinha de família pagã e converteu-se ao Cristianismo quando contava com 20 anos de idade, seguindo educação ascética. Em 320, fundou seu primeiro mosteiro em Tabenesi, na Tebaída (Alto Egito), dando início ao monacato […]

Compartilhe isso:
 
 

Quando vier, o Espírito de verdade guiar-vos-á para a verdade completa

Quando vier, o Espírito de verdade guiar-vos-á para a verdade completa

Se quiseres rezar no teu coração e não fores capaz, contenta-te com dizer a oração com os lábios e mantém o teu espírito atento ao que dizes. Pouco a pouco, o Senhor te dará também a graça da oração interior e saberás então rezar sem distrações. Não procures realizar a […]

Compartilhe isso:
 
 

De madrugada, ainda escuro, levantou-Se e saiu; foi para um lugar solitário e ali Se pôs em oração.

De madrugada, ainda escuro, levantou-Se e saiu; foi para um lugar solitário e ali Se pôs em oração.

Nada torna a alma pura e feliz, nem a ilumina e afasta dela os maus pensamentos, como as vigílias. Por isso, todos os nossos pais perseveraram neste trabalho das vigílias e adoptaram por regra permanecer acordados de noite durante todo o curso da sua vida ascética. Fizeram-no especialmente porque tinham […]

Compartilhe isso:
 
 

Não há nada escondido que não venha a descobrir-se

Não há nada escondido que não venha a descobrir-se

Cuidai de vos reunirdes com mais frequência para oferecer a Deus a vossa eucaristia, as vossas acções de graças e os vossos louvores. Por vos reunirdes frequentemente, enfraqueceis as forças de Satanás e o seu poder pernicioso dissipa-se perante a unanimidade da vossa fé. Haverá algo melhor do que a […]

Compartilhe isso:
 
 

Da arte de calar

Só se deve deixar de calar quando se tem algo a dizer que valha mais do que o silêncio. Há um tempo de calar, assim como há um tempo de falar. O tempo de calar deve sempre vir em primeiro lugar; e nunca se pode bem falar quando não se […]

Compartilhe isso:
 
 
 
 
 

Pesquisar neste site

Arquivos