Escuta o profeta anunciar Nosso Senhor: ele compara-O ao cordeiro e à ovelha, que são os animais mais inocentes: «Como cordeiro levado ao matadouro, como ovelha emudecida nas mãos do tosquiador» (Is 53,7). […] Nosso Senhor não foi comparado a um leão ao ser conduzido à morte […]. Como cordeiro, como ovelha, guardou silêncio quando foi conduzido à sua Paixão e morte: «Como ovelha emudecida nas mãos do tosquiador, não abriu a boca» na sua humilhação.

Confirmando a palavra da profecia com a sua conduta, guardou silêncio quando O levaram, calou-Se quando O julgaram, não Se queixou quando O flagelaram, não discutiu quando O condenaram, não Se irritou quando O amarraram. Não murmurou quando Lhe deram bofetadas, não gritou quando O despojaram das suas vestes, como a ovelha na tosquia. Não os amaldiçoou quando Lhe deram fel e vinagre; não Se irritou quando O cravaram no madeiro.


Filoxeno de Mabug (Síria) (?-c. 523)
Homilia n.º 5, Sobre a simplicidade, 137-139
Fonte: Evangelho Cotidiano

 
 

Não há comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager