Gregório o Grande

São Barnabé, apóstolo que proclama que o Reino dos Céus está próximo

São Barnabé, apóstolo que proclama que o Reino dos Céus está próximo

«Como posso amar alguém que não conheço?» […] Se não podemos ver a Deus, temos no entanto outros meios para erguer os olhos do nosso espírito até Ele. Se não nos é possível vê-l’O em pessoa, podemos, já aqui, vê-l’O nos seus servos. Ao observar como eles fazem maravilhas, ficamos […]

 
 

«No meio de vós está Alguém que não conheceis: Aquele que vem depois de mim»

«No meio de vós está Alguém que não conheceis: Aquele que vem depois de mim»

«Eu batizo na água; mas no meio de vós está Alguém que não conheceis.» Não é no Espírito, mas na água que João batiza. Incapaz de perdoar os pecados, lava com água o corpo dos batizados, mas não lava o espírito pelo perdão. Então porque batiza ele, se não perdoa […]

 
 

«Nenhum servo pode servir a dois senhores»

«Nenhum servo pode servir a dois senhores»

Querer pôr a esperança e a confiança em bens passageiros é querer fazer  fundações em água corrente. Tudo passa; Deus permanece. Agarrarmo-nos ao que é transitório é desligarmo-nos do que é permanente. Quem é o homem que, levado no turbilhão agitado de um rápido, consegue manter-se firme no seu lugar, no […]

 
 

«Deles é o reino dos Céus.»

«Deles é o reino dos Céus.»

Jesus disse no Evangelho: «As minhas ovelhas escutam a minha voz, Eu conheço-as, elas seguem-Me e Eu dou-lhes a vida eterna» (Jo 10,27). Um pouco antes, tinha dito: «Se alguém entrar por Mim, será salvo; entrará e sairá e encontrará pastagem» (v. 9). Porque entra-se pela fé, mas sai-se da […]

 
 

«Nós deixámos tudo para Te seguir».

«Nós deixámos tudo para Te seguir».

Ouvistes, meus irmãos, que Pedro e André abandonaram as redes para seguirem o Redentor ao primeiro apelo da sua voz (Mt 4,20). […] Talvez algum de vós diga baixinho: «O que abandonaram aqueles dois pescadores para obedecer ao apelo do Senhor, eles que não tinham quase nada?» Nesta matéria, porém, […]

 
 

«Não vos esqueçais da hospitalidade» (Hb 13,1)

«Não vos esqueçais da hospitalidade» (Hb 13,1)

Dois dos discípulos caminhavam juntos. Eles não acreditavam, e no entanto falavam sobre o Senhor. De repente Este apareceu-lhes, mas sob uns traços que não lhes permitiam reconhecê-Lo. […] Convidam-no para partilhar da sua pousada, como é costume entre viajantes […] Põem a mesa, apresentam os alimentos, e descobrem a […]

 
 

«Mulher, porque choras?»

«Mulher, porque choras?»

Maria torna-se testemunha da compaixão de Deus, […] aquela Maria a quem um fariseu queria quebrar o arroubo de ternura: «Se este homem fosse profeta», exclamava ele, «saberia quem é a mulher que Lhe toca e o que ela é: uma pecadora» (Lc 7,39). Mas as suas lágrimas apagaram-lhe as […]

 
 

«Ao romper do dia, Jesus apresentou-se na margem»

«Ao romper do dia, Jesus apresentou-se na margem»

Que simboliza o mar, senão o mundo atual, batido pelas ondas tumultuosas das nossas ocupações e pelos turbilhões de uma vida caduca? E o que representa a margem firme, senão a perpetuidade do descanso eterno? Portanto, os discípulos afadigam-se no lago porque ainda estão presos nas ondas da vida mortal, […]

 
 

«Dou-lhes a vida eterna»

«Dou-lhes a vida eterna»

O Senhor diz: «As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz; Eu as conheço e elas me seguem; e dou-lhes a vida eterna.» Delas tinha dito um pouco antes: «Se alguém entrar por Mim, será salvo; poderá entrar e sair e encontrará pastagem» (Jo 19, 9). Entrará efetivamente, abrindo-se à fé; […]

 
 

«Bebereis o Meu cálice»

«Bebereis o Meu cálice»

Uma vez que hoje celebramos a festa dum mártir, irmãos, devemos preocupar-nos com a forma de paciência praticada por ele. Com efeito, se com a ajuda do Senhor nos esforçarmos por manter essa virtude, obteremos sem dúvida a palma do martírio ainda que vivamos na paz da Igreja. Porque há […]

 
 
 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager