Fulgêncio de Ruspe

«Servidores de Cristo e administradores dos mistérios de Deus» (1Cor 4,1)

«Servidores de Cristo e administradores dos mistérios de Deus» (1Cor 4,1)

  Para bem precisar o papel dos servos que colocou à frente do seu povo, o Senhor diz estas palavras que o Evangelho narra: «Quem é o administrador fiel e prudente que o senhor estabelecerá à frente da sua casa, para dar devidamente a cada um a sua ração de […]

 
 

«Eu te ordeno: levanta-te!»

«Eu te ordeno: levanta-te!»

«Num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta, pois ela há-de soar, os mortos ressuscitarão incorruptíveis e nós seremos transformados.» Ao dizer «nós», São Paulo fala daqueles que receberão o dom da transformação futura, isto é, dos seus companheiros na comunhão da Igreja e numa […]

 
 

«Estava a caminho e já próximo de Damasco, quando se viu subitamente envolvido por uma intensa luz vinda do Céu» (Act 9,3)

«Estava a caminho e já próximo de Damasco, quando se viu subitamente envolvido por uma intensa luz vinda do Céu» (Act 9,3)

Saulo foi enviado pelo caminho de Damasco para se tornar cego, pois se ele cegou, foi para ver o verdadeiro Caminho (Jo 14,6). […] Perdeu a vista do corpo, mas o seu coração foi iluminado para que a verdadeira luz brilhasse, quer aos olhos do seu coração, quer aos do […]

 
 

Servidores de Cristo e administradores dos mistérios de Deus (1Cor 4, 1)

Para bem precisar o papel dos servos que colocou à frente do Seu povo, o Senhor diz estas palavras que o Evangelho narra: «Quem será, pois, o administrador fiel e prudente a quem o senhor pôs à frente do seu pessoal para lhe dar, a seu tempo, a ração de […]

 
 

Servos de Cristo e administradores dos mistérios de Deus

(1Co 4,1) Para definir o papel dos servos que colocou à cabeça do seu povo, o Senhor diz esta palavra que o Evangelho nos transmite: “Qual é o administrador prudente e fiel que o senhor estabelecerá sobre o seu pessoal para lhe dar a seu tempo a ração de trigo? […]

 
 

Jesus impôs as mãos sobre os olhos do cego

O espelho projeta; o espelho apaga. Com efeito, Aquele que, «vindo ao mundo, a todo o homem ilumina» (Jo 1, 9) é o verdadeiro espelho do Pai. Cristo passa enquanto imagem do Pai (Heb 1, 3) e afasta a cegueira dos olhos dos que não vêem. Este Cristo que veio […]

 
 
 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager